5 dias de Maria - Papai Educa

compartilhando a

paternidade ativa

Leandro Nigre

LEANDRO NIGRE

Pai do Joões, em seu plural consagrado, João Guilherme e João Rafael, esposo da Dayane, jornalista, palestrante, articulista sobre paternidade, especialista em Mídias Digitais, editor-chefe de jornal impresso, em Presidente Prudente.

saiba mais »

5 dias de Maria

Para quem só tinha trocado fraldas de meninos, eu reconheço que até me saí bem demais; estive em quase a maioria delas

24 de Janeiro de 2021
0 comentários

Maria, hoje você chegou ao seu quinto dia de vida. É domingo, estamos em casa, seus irmãos brincam pelos cômodos espalhando brinquedos enquanto você mama o tetê da mamãe. Parecemos já mais acostumados com a rotina por aqui. Parecemos. Vamos acreditar!

Foto: Arquivo Pessoal

Troca, mama, arrota, dorme e o ciclo se repete sistematicamente inúmeras vezes ao dia. E nas madrugadas também. E, cá entre nós, quão difícil é se acostumar com a noite em claro e a privação do sono, minha pequena. Ah, o bom é saber que isso vai passar.

Não foi diferente com seus irmãos e a nossa expectativa é que a experiência nos leve a nisso se amparar. Três filhos nos trazem responsabilidades e uns medos para se enfrentar. Força, fé, positividade e muito trabalho para se conquistar.

Nestes 5 dias, meu amor, tivemos inúmeras oportunidades juntos. O banho nos conectou no som, no toque e no olhar. No primeiro o papai esteve meio atrapalhado e hoje sequer você se pôs a chorar.

Senti-la adormecer no meu peito fez meu coração bater ainda mais forte, seja qual foi a hora do dia. E ainda que o cansaço e a obrigação tenha nos chamado, muitas vezes a nossa maior vontade era assim ficar.

Para quem só tinha trocado fraldas de meninos, eu reconheço que até me saí bem demais. Eu estive em quase a maioria delas para a mamãe recém-operada melhor se recuperar.

Entretanto, Maria, nem sempre eu vou parecer tão legal assim. Você pode me ver triste, cansado, preocupado, aflito, acelerado, mas um ponto de equilíbrio vai nos reconectar.

Amanhã eu volto a trabalhar. Tudo que eu fiz até aqui seguirei fazendo enquanto de mim você precisar. Os seus irmãos vão poder te falar sobre, na visão de filhos. Afinal, eu sou só o pai, que nestes 8 anos e meio de paternidade, entre tantos erros, só mantém a vontade gritante de acertar.

 

* Os textos só podem ser reproduzidos mediante autorização do autor e desde que citada a fonte.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O comentário é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não representa a opinião deste site. Após avaliação, ele será publicado. Seu email será preservado.

MAIS 0 COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para este artigo.

© 2016 Papai Educa. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido Prudente Empresas

Assine o blog

Inscreva-se e receba atualizações
do nosso conteudo no seu email.