Meu ponto de vista! - Papai Educa

compartilhando a

paternidade ativa

Leandro Nigre

LEANDRO NIGRE

Pai do Joões, em seu plural consagrado, João Guilherme e João Rafael, esposo da Dayane, jornalista, palestrante, articulista sobre paternidade, especialista em Mídias Digitais, editor-chefe de jornal impresso, em Presidente Prudente.

saiba mais »

Meu ponto de vista!

João Guilherme e João Rafael, tão diferentes, com tantas singularidades entre si

14 de Agosto de 2020
0 comentários

Se você ainda não os conhece, vou apresentar-lhes: da esquerda para direita, meus filhos João Guilherme e João Rafael. Além deles, tenho um bebezinho a caminho, que nos próximos dias já poderei chamar pelo nome também.

Foto: Arquivo Pessoal

Gui tem 8 anos. É um menino doce, amoroso, companheiro, gosta de beijos, abraços, toque físico, atenção e um coração incrível. É daqueles que se comunicam com o olhar, mas se permite ao diálogo com muita facilidade. É conversador que só. Faz amizades com muita facilidade, é compreensivo socialmente, e quando se chateia com algo deixa transparecer.

Rafinha é alegre, divertido, engraçado. Me faz rir o dia todo. Tem uma independência absurda para seus 3 anos, é destemido, adora lutas, desafios e seu mundo fantasiado de monstros, dragões, dinossauros e muita lava. É claro, na “floresta do perigo”. Gosta de beijos e abraços sem delongas, pouco papo quando acorda, mas permite que o irmão o vire do avesso. Só ele. Me vence no drama e seu maior encanto está na inteligência, somada ao sorriso doce de olhinhos apertados.

Gui já foi um pouco mais como o Rafa e é possível que Rafa também se apresente como o Gui. O passar dos anos é transformador. Porém, meus filhos jamais serão iguais e exigem de mim um tratamento diferente. Amor e limites em doses diárias. Preciso conhecer as habilidades, necessidades e características de cada um para garantir-lhes o desenvolvimento de forma saudável.

Filhos arrastam-se por si só entre os exemplos que vivenciam. Farão suas escolhas, decidirão por si, mas seguirão a premissa de que fruto algum cai tão longe da árvore. E com todas estas peculiaridades no meu ponto de vista, são exatamente estas diferenças que os fazem tão especiais.

* Os textos só podem ser reproduzidos mediante autorização do autor e desde que citada a fonte.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O comentário é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não representa a opinião deste site. Após avaliação, ele será publicado. Seu email será preservado.

MAIS 0 COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para este artigo.

© 2016 Papai Educa. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido Prudente Empresas

Assine o blog

Inscreva-se e receba atualizações
do nosso conteudo no seu email.